PONTO FACULTATIVO: UMA VERGONHA NACIONAL

18 04 2009

calendario-feriado-2009
Das muitas excressências da Terra Brasillis, certamente o famigerado Ponto Facultativo merece o topo. A dona Maria vai na creche e a funcionária não está. “Seo” José vai na Câmara e as portas estão fechadas. E no posto de saúde? nada. Teve até uma figura (petista, por sinal) que decretou que em seu estado, litorâneo, o feriado/fim de semana começa na quinta feira. Ponto (facultativo) para os barnabés locais!

Chega a ser hilária a denominação “facultativo”. É um feriado e pronto. Um feriado, emendado a outro, oficial, ao qual só tem direito os servidores públicos, ferindo frontalmente o princípio constitucional da isonomia, da igualdade. É óbvio que se colocado entre a Hamletiana questão de ir trabalhar ou ficar no deleite o sujeito , se louco não for, vai escolher a segunda opção.É “facultativo” de fachada, já que mesmo que o individuo queira trabalhar o seu local de trabalho (as repartições públicas) estarão fechadas, inacessíveis.

Para evitar o conflito entre funcionários que gostam de trabalhar e os que não gostam de trabalhar, o prefeito ou o governador decretam “ponto facultativo”. Ninguém precisa trabalhar.

Quando um funcionário de uma empresa não vai trabalhar, o seu dia não trabalhado é descontado. Ele não recebe o salário integral no final do mês. Perde a cesta-básica. Quando o contribuinte paga os impostos para custear os serviços públicos, ele, ò ingenuidade, acredita que os serviços públicos serão executados. Pagar impostos é uma antecipação de pagamentos de serviços a serem executados. Se o serviço não foi executado o povo não é ressarcido. O contribuinte pagou, mas o serviço não foi realizado.

Os “Pontos Facultativos” vem na esteira dos inúmeros feriados, que vão do Dia do Abraço ao dia da Rebimboca da Parafuseta, irônicamente falando. Em um balanço rápido, podemos ver que em um ano de 365 dias, trabalhamos 220 dias, pois 104 dias são as folgas de Lei, sábados e domingos.

Quando o prefeito decreta ponto facultativo, ele e todos os funcionários ficarão ociosos. Ficarão de papo para o ar. O funcionário público ficará ocioso. O resto do povo vai trabalhar. Ponto facultativo significa que não é obrigatório trabalhar naquele dia. Pode fazer tudo. Pescar, namorar, viajar, olhar vitrines. Só não precisa trabalhar. Não trabalha e o dia não é descontado. O funcionário público não trabalha, mas o resto, a sobra da sociedade, a casta inferior, tem suas obrigações com o trabalho.

O ponto facultativo tem chamado muito a atenção para as creches. Enquanto os trabalhadores trabalham, os funcionários da creche não trabalham. Onde deixar as crianças das pessoas que trabalham? Quando o prefeito decreta ponto facultativo alguns setores não param. Serviço essencial funciona. Creche não é essencial. Não funciona. Os trabalhadores e as trabalhadoras, que terão que trabalhar, deixaram os filhos aonde? A solução não vem da prefeitura. Vem do “jeitinho”: mandam as crianças para a casa da avó, da tia ou da vizinha.

O Brasil não vai para frente por causa do jeitinho que os brasileiros inventaram. Quanto à creche o jeitinho deu jeito. Existe um serviço que o jeitinho não dá jeito. É a saúde. Não dá para levar a doença para a casa da avó, da tia ou da vizinha. A doença tem que ser curada. Curada com remédio. O que acontece quando o prefeito decreta ponto facultativo? A farmácia fica fechada. No ponto facultativo o funcionário pode optar por uma pescaria, por uma viagem ou ficar em casa não fazendo nada. O doente tem que esperar em casa passar a quinta-feira, a sexta-feira, o sábado e o domingo. Por que nenhum político se propõe a acabar com esa vergonha nacional?

(por Marcos Taira)

FONTE: http://www.jornaldacidadeonline.com.br/leitura_artigo.aspx?CodArtigo=375

About these ads

Ações

Informação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: