ATEA – A campanha dos ônibus no Brasil

31 01 2009

atea1
Na primeira semana deste ano foi lançada a primeira campanha publicitária do Reino Unido versando sobre ateísmo, promovida pela British Humanist Association. A campanha tem site próprio (onde podem ser compradas camisetas) e vem atraindo atenção da grande mídia desde o seu lançamento, em outubro — inclusive no Brasil.

A chamada “campanha dos ônibus” se espalhou por diversos países, e agora chegou também ao Brasil. A Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos lançou a primeira fase da campanha no país, expondo oito slogans que desejamos afixar em ônibus da cidade de São Paulo. As frases expõem um pouco do que pensam os ateus, e buscam lançar um primeiro passo para o reconhecimento dos descrentes como cidadãos plenos e dignos, com seu merecido lugar na sociedade. Um dos destaques é a frase que pede a efetiva laicidade do Estado, tema que está na ordem do dia e que a ATEA entende que deveria ser uma prioridade para cidadãos de todas as crenças e descrenças.

Os slogans escolhidos pela associação são os seguintes:

2. Sou feliz sem crer em nenhum deus. Subtítulo: tenha orgulho de ser quem você é. Não se esconda.

3. Você precisa de um deus para ser bom? Nós não.

4. Imagem ou texto mostrando ateus famosos. Texto: você sabe qual deles é ateu? TODOS. Subtítulo: Somos milhões no Brasil, centenas de milhões no mundo. Sugestões de nomes: Camila Pitanga, Angelina Jolie, Paulo Autran, Dercy Gonçalves, Charlie Chaplin, Daniel Radcliffe, José Saramago, Glória Maria, Drauzio Varella, Cássia Eller, Jodie Foster, Jorge Amado, Walmor Chagas.

5. Imagens de crucifixos na Câmara, Senado, Supremo e Planalto, “Deus seja louvado” nas cédulas, “Sorocaba é do senhor Jesus” e os dizeres “ateus também são cidadãos”. Subtítulo: Queremos igualdade. Merecemos respeito.

6. A fé não dá respostas. Ela só impede as perguntas.

7. Sorria! O inferno não existe.

8. Você é quase tão ateu quanto nós. Quando você entender por que não acredita em todos os outros deuses, saberá por que não acreditamos no seu.

9. Duas mãos trabalhando fazem mais do que mil em oração.

Ateu ou não, qualquer interessado pode ajudar a financiar a campanha, independentemente de vínculo com a Associação. As doações podem ser assoiciadas separadamente a cada uma das frases, utilizando-se para isso um valor com dígito das unidades igual ao número da frase na lista acima. Por exemplo, para contribuir com o slogan de número 4 deve-se enviar um valor que termine em 4: R$24, R$84, etc. Valores terminados em 1 são destinados indiferentemente a qualquer um dos slogans, e valores terminados em 0 são reservados para doações à associação.

Esta campanha não procura fazer desconversões em massa. Trata-se de conseguir um espaço na sociedade proporcional aos nossos números, diminuir o enorme preconceito que existe contra ateus em todo o mundo, e caminhar rumo à igualdade, que não existe fora de um estado verdadeiramente laico.

A história da campanha

A campanha britânica, que foi a pioneira, começou com o objetivo de arrecadar £5.500 (cerca de R$19.000). Mas em quatro dias chegou a £100.000 e atualmente já alcançou o estonteante valor de £135.000 (R$465.000), uma cifra considerável mesmo para os padrões britânicos. São 800 ônibus com o slogan “Deus provavelmente não existe. Agora pare de se preocupar e viva sua vida”. A campanha inclui mil anúncios no metrô com frases adicionais, duas grandes telas de LCD (uma com 3,7m² e outra com 7,4m²) com versões animadas do slogan e uma mensagem na BBC. Não há risco de mal-entendidos: a campanha é explicada em detalhe no próprio site da BHU. E a imprensa nacional continua cobrindo o desenrolar dos fatos.

Em novembro, a American Humanist Association lançou uma ação semelhante. Campanha igual à britânica está sendo veiculada em dois ônibus de Barcelona (embora sob protestos) e só não chegou à Austrália porque a companhia local responsável pelos anúncios em ônibus se recusou a expô-los. Na Itália, a campanha foi proibida.

Com a fundação da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos, era mais do que hora de criar uma ação nos mesmos moldes aqui no Brasil. Nosso desejo inicial era de veicular os anúncios no metrô de São Paulo, devido a sua enorme visibilidade. No entanto, a companhia proíbe “assuntos polêmicos” e “temas de cunho religioso”, portanto é provável que os ônibus continuem sendo nosso veículo preferencial.

Os interessados em colaborar com esta iniciativa podem utilizar a conta corrente é 4378-8, na agência 3572-6 do Banco do Brasil, em nome da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos.

http://www.atea.org.br


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: